CAMPANHA DE TROCA - Colchões com descontos até 600€ - Facilidades de Pagamento Saiba Mais
Pedido de Informações
Enviando...
A sua mensagem foi enviada com sucesso!
Fechar

Doenças Reumáticas

A Colunex®, empresa exportadora 100% portuguesa, concebe e desenvolve produtos, os quais, quer sob o aspecto profilático, quer terapêutico, inserem-se no contexto das doenças reumáticas. Milhares de pessoas em Portugal sofrem de doenças reumáticas, pelo que consideramos este tema, abordado de forma simples e clara, de grande interesse.

Os conteúdos a apresentar têm como fonte o livro “Doenças Reumáticas - Todas as respostas” publicado pela revista Saúde e Bem-Estar com o apoio técnico-científico da Colunex® e assentam-se no papel educativo da empresa que se tornou uma obrigação social e impeliu a mesma a promover acções de esclarecimento sobre temas de interesse na área da saúde.


Lumbago e Ciática

O que é o lumbago?

É a dor originada na coluna lombar, devido a uma lesão das vértebras, de quaisquer dos discos intervertebrais, dos ligamentos, ou, ainda, dos músculos dessa zona.


Qual é a causa do lumbago?

Não existe uma causa única. O lumbago pode dever-se a lesão das vértebras, dos discos intervertebrais, dos ligamentos que as unem e, muitas vezes, da musculatura que rodeia a coluna lombar. O mais frequente é que seja um efeito conjunto de várias destas alterações.


Existe mais do que um tipo de lumbago?

Pode falar-se de dois tipos diferentes: o lumbago agudo e o lumbago crónico. O primeiro apresenta como sintomas uma dor de aparecimento brusco, que desaparece por completo em apenas quatro a sete dias, não obstante poder repetir-se, passado algum tempo. O lumbago crónico é aquele que não desaparece, persistindo durante mais de três meses. Em muitos casos, é bastante difícil saber a sua causa exacta e, frequentemente, o tratamento é pouco satisfatório. Apenas cerca de 10% dos lumbagos são de carácter crónico. Na sua evolução têm influencia múltiplos factores, muitos dos quais não tem origem na coluna lombar, mas que são de tipo emocional ou devidos a uma má tolerância ao exercício físico.


Como são os sintomas do lumbago?

O lumbago típico pode fazer-se sentir após um esforço físico – levantar pesos, por exemplo. A pessoa afectada nota um estalido, seguido de uma dor muito intensa na região lombar, a qual a impedirá de ser endireitar completamente e a obrigará a ficar na cama. Outras vezes, pode aparecer depois de se ter permanecido, durante bastante tempo, numa postura incorrecta ou após uma exposição prolongada ao frio. Logicamente existem lumbagos mais suaves e sem causa aparente que os desencadeie.


Há alguma profissão em que seja especialmente frequente?

Qualquer trabalho que obrigue a carregar pesos, de forma constante, é causa de lumbago; também o sedentarismo excessivo – trabalhar muitas horas sentado, por exemplo – é uns principais factores desencadeantes.


Como podem prevenir o lumbago as pessoas que passam muitas horas a conduzir?

Se possível, sentando-se numa cadeira anatómica ou, na impossibilidade, conduzindo com uma almofada entre a zona lombar e o encosto do assento. Recomenda-se efectuar paragens frequentes, pelo menos de duas em duas horas, saindo do veiculo e realizando uns breves exercícios de alongamento da musculatura lombar.


O lumbago afecta de igual forma homens e mulheres?

O lumbago é frequentemente em ambos os sextos e não predomina claramente em nenhum deles.


É uma doença hereditária?

É um processo que obedece a múltiplas causas e praticamente nenhuma delas está relacionada com a herança genética, pelo que se pode afirmar que, numa percentagem elevada de casos, a hereditariedade não influencia o seu aparecimento.


Qual é a influencia da idade no aparecimento do lumbago?

À medida que se envelhece, as vértebras vão-se desgastando, os discos intervertebrais tornam-se mais finos e menos elásticos, a capacidade para levar a cabou a actividade física diária diminui e tudo isso, juntamente com muitos outros factores, faz com que os idosos constituam uma faixa etária mais predisposta a sofrer de lumbago. No entanto, o lumbago é uma queixa mais comum em pessoas de meia – idade, talvez porque os idosos tendem a considerar esses incómodos como uma mera consequência do seu envelhecimento e, portnato, não se queixam ao médico.


Uma pessoa jovem pode sofrer de lumbago?

Não é habitual, mas pode acontecer. Existem diversas doenças reumáticas que aparecem na juventude e que podem dar lugar a episódios de lumbago. Uma pessoa jovem com lumbago presistente deve consultar um reumatoligista.


O lumbago tem algo a ver com a osteoroprose?

A osteoporose – ou “descalcificação dos ossos” – é uma doença muito frequente, especialmente mas mulheres menopausicas e nos idosos, em geral. Produz fragilidade nos ossos e, portanto, pode afectar as vértebras lombares, originando lumbago.


Que influência tem a alimentação no aparecimento de lumbago?

Não existem certezas cientificas de que um determinado padrão alimentar previna ou alivie o lumbago. As medidas dietéticas devem ser orientadas no sentido de evitar a obesidade, dado que é um factor que favorece o aparecimento de lumbago, ao produzir uma sobrecarga da coluna vertebral.


A que se deve o aparecimento de lumbago de manhã, ao acordar?

O mais provável é que se deva a uma má postura durante o sono. As mais cómodas para a coluna são a posição fetal – de lado com as pernas flectidas – e a de barriga para cima com as pernas flectidas, embora esta ultima seja impossível de manter enquanto se dorme. Não convém dormir de barriga para baixo, já que esta posição provoca torção excessiva do pescoço, o que pode ocasionar problemas dolorosos nessa zona. Outra causa frequente de dor matutina é o facto de dormir sobre um colchão e/ou almofada inadequados.


Por que o frio e a humidade são prejudiciais?

A influencia do frio e da humidade no agravamento dos sintomas das doenças reumáticas é uma realidade, embora não se conheçam os motivos. Paradoxalmente, aplicação local tanto de frio como de calor alivia a dor de algumas perturbações musculares. O clima influencia no agravamento ou na melhoria dos sintomas, mas não tem qualquer relação com o aparecimento da doença. Não há qualquer razão para haver mais doentes com lumbago na Suécia do que em Portugal, por exemplo.


É possível ter artrose nas vértebras lombares e não sentir dores?

Sim, já que para a aparição do lumbago podem contribuir muitos factores e, por vezes, a presença de um único não é suficiente para produzir dores. Os casos muito frequentes de artrose sem dor apoiam a teoria de que, para que apareçam sintomas dolorosos, é necessária a participação de outros factores que também incidam desfavoravelmente sobre a coluna lombar.


A escoliose pode produzir lumbago?

A escoliose é um desvio da coluna, provocado por uma alteração na sua curvatura. Esta anomalia pode ser, efectivamente, causa de lumbago.


E o cancro?

Qualquer tumor maligno pode produzir ataques de lumbago. Contudo, só uma percentagem mínima de casos de lumbago têm como causa um cancro.


Pode prevenir-se o lumbago fazendo exercício?

Realizar qualquer actividade física regular, que fortaleça a musculatura lombar, designadamente desportos como a natação, é uma boa forma de evitar problemas futuros de lumbargo; e no caso deste ser devido a outras causas, a prática do desporto pode contribuir para diminuir a frequência do seu aparecimento. Logicamente, qualquer actividade deverá ser efectuada de forma regular e contínua – no caso da natação, indo à piscina duas ou três vezes por semana e não apenas nas férias.


Que outras formas de prevenção existem?

É muito importante evitar posturas incorrectas quando se está sentado : o ideal seria utilizar cadeiras anatómicas. Também se deve dormir na posição correcta, que é de barriga para cima ou de lado – nunca de barriga para baixo – sobre um colchão e com uma almofada adequados. Finalmente, é importante evitar exposições prolongadas ao frio.


É conveniente consultar o médico após um simples ataque de lumbago?

Sim, já que pode existir sintomas acrescidos, que sugiram uma complicação – ciática, por exemplo - , ou pode simplesmente acontecer que não se trate de lumbago, ainda que a dor seja parecida.


Que tipo de exames são úteis no diagnóstico do lumbago?

Num lumbago benigno, as radiografias ajudam muito pouco ao diagnóstico, já que, em 90% dos casos, não revelam a causa que o produziu. O exame de ressonância – ou ressonância nuclear magnética – é um exame radiológico especial de extrema utilidade para observar a coluna. Realiza-se apenas nos casos de lumbago crónico ou naqueles em que se suspeita da existência de uma causa diferente das habituais.


É fácil curar um lumbago?

Cerca de 90% das pessoas que tem episódios de lumbago curam-se em poucos dias; na maioria das vezes, sofrem mais alguns episódios ao longo da sua vida, episódios estes que apresentam o mesmo percurso evolutivo. Apenas 10% da população sofre de lumbago crónico, que se cura com dificuldade ou, simplesmente, não se cura.


É conveniente repousar quando se tem lumbago?

Caso se sofra de um lumbago agudo, o descanso é praticamente obrigatório , nos dois ou três primeiros dias. No entanto, a partir dessa altura, é recomendável começar a fazer exercício de forma progressiva. Deste modo, alem de se evitar a atrofia dos músculos da coluna, como consequência do repouso, conseguir-se-á um alivio da dor. Ao principio, será difícil devido à dor, pelo que se recomenda paciência e cautela. Não obstante, se a pessoa notar que, ao realizar


O padecimento de lumbago pode levar uma pessoa a uma cadeira de rodas?

De modo nenhum. Embora o lumbago possa ter múltiplas origens, a grande maioria delas são benignas e sem qualquer importância para o futuro, no que se refere à mobilidade. Por isso, a possibilidade de um lumbago evoluir de forma tão dramática é extraordinariamente remota.


O que é a ciática?

É a inflamação dolorosa das raízes nervosas que atravessam o musculo da perna, em consequência da sua compressão. Esta perturbação é acompanhada por alterações da sensibilidade, como o “formigueiro”.


Qual é a razão do seu aparecimento?

A causa mais frequente da dor ciática é a hérnia discal. Esta afecção produz-se quando uma parte do disco intervertebral se desloca para trás, comprimindo uma raiz nervosa e produzindo sintomas dolorosos. Existem outros mecanismos que podem causar ciática, mecanismos esses mais complexos e, também, mais raros.


Qual é a diferença entre o lumbago e a ciática?

O lumbago é a dor que aparece na região lombar, em consequência de uma anomalia ao nível das vértebras, dos ligamentos, dos discos intervertebrais ou dos músculos. Quando essa dor se estende ao músculo da perna – geralmente pela parte posterior -, aparece a chamada “dor ciática”. No fundo, pode dizer-se que se trata de uma “complicação” do lumbago. Na maioria dos casos de ciática, existiu um quadro prévio de lumbago.


Todas as dores nas pernas são sintomas de ciática?

Não, pelo contrario. A grande maioria das dores nas pernas são devidas a outras anomalias, embora, por vezes, haja tendência a generalizar e a chamar ciática a qualquer dor que apareça nos membros inferiores. As causas dessas dores podem ser diversas e muito diferentes das que originam a ciática.


A ciática afecta uma ou as duas pernas de cada vez?

É muito raro afectar as duas pernas ao mesmo tempo. No caso disto acontecer, é provável que não se trate de uma dor ciática: então, há que procurar outras causas para a existência da dor.


A ciática é uma “doença de velhos”?

A hérnia discal – a causa mais frequente de ciática – ocorre, muitas vezes, em adultos jovens ou em pessoas de meia-idade, não sendo portanto, uma doença exclusiva dos idosos.


A cinta é útil para aliviar as dores de lumbago e ciática?

A cinta – ou espartilho, como também é designada – é utilizada com esse propósito, desde há muitos anos. O problema da cinta – tal como o do colar que se utiliza para as dores do pescoço – é o risco de “habituação”, isto é, de usar-se mais tempo do que o estritamente necessário, facto que impede a realização de exercícios; perdendo-se a mobilidade, os músculos da zona irão, pouco a pouco, ficando atrofiados.


Que tipo de cadeira deve utilizar uma pessoa com lumbago ou ciática?

Uma cadeira recta, de encosto duro e alto. É conveniente colocar uma almofada entre as costas e a zona de apoio lombar e evitar, simultaneamente, os cadeirões e os sofás que não sejam ergonómicamente desenhados.


Os casos de ciática operam-se?

Depende da causa. O mais frequente é que seja consequência de uma hérnia discal : 80% dos casos curam-se com medicamentos e aconselhamento médico. Não obstante, se a ciática for muito dolorosa, não responder à terapia e começar a deixar sequelas, deverá ser ponderada a intervenção cirúrgica.


Que sequelas pode deixar uma ciática?

Uma ciática que se deixa evoluir ou cuja causa não se consegue eliminar por completo pode dar lugar a incómodos dolorosos e persistentes “formigueiros” e, sobretudo, uma perda de massa muscular na extremidade afectada, o que provoca diminuição da força nessa extremidade.



Subscreva a nossa newsletter e mantenha-se a par de todas as novidades, dicas e conselhos úteis.
Enviando...
A sua mensagem foi enviada com sucesso!

Partilhe: 

Veja também...

melhor colchão colunex

Conheça as melhores dicas para dormir melhor?

Sono e Saúde
Explore o Artigo
melhor colchão colunex

Qual o melhor colchão, almofada ou cama?

Produtos para Dormir Melhor
Explore o Artigo
sono e saude colunex ambiente Colchões

benefícios
Conheça os benefícios essenciais para um sono saudável e de que forma são oferecidos pelos colchões Colunex®. Aprenda a escolher o colchão ideal.

coleção
sono e saude colunex ambiente Almofadas

benefícios
Almofada enquanto complemento essencial no alcance de duas qualidades fundamentais para o sono saudável; postura e a hipo-alergenia.

coleção
sono e saude colunex ambiente Camas

benefícios
Camas que engrandecem a qualidade de sono, produzidas por um controlo interno único. Benefícios dos sommiers fixos, com arrumação e articulados.

coleção
sono e saude colunex ambiente Poltronas

benefícios
Conheça 5 características fundamentais e papel da poltrona terapêutica. Qualidades tecnológicas e benefícios para a saíde dos sistemas vibratórios.

coleção

Contacto

Encontre Lojas Oficiais, Revendedores & Hotéis

Solicite Catálogo Digital e outras Informações

Enviando...
A sua mensagem foi enviada com sucesso!